//
você está lendo...
Artigos

Por que Reuniões Abertas e Públicas

Público represado pela Guarda Municipal no acesso para a escadaria de incêndio do 12º andar da Prefeitura do Recife enquanto acontecia a primeira reunião do CDU sobre o Novo Recife, dia 30 de Novembro de 2012

Público represado pela Guarda Municipal no acesso para a escadaria de incêndio do 12º andar da Prefeitura do Recife enquanto acontecia a primeira reunião do CDU sobre o Novo Recife, dia 30 de Novembro de 2012

Por que reuniões abertas e públicas, repentinamente, passam a ser  monitoradas por dezenas de policiais?

Pela terceira vez consecutiva a reunião do Conselho de Desenvolvimento Urbano (CDU-Recife) ocorre a portas fechadas. Apenas fotógrafos de alguns veículos de comunicação, em caráter de revezamento, tiveram acesso à sala e por tempo previamente determinado.

A desculpa dada foi a de que o espaço era pequeno para abrigar um número maior de pessoas. A justificativa não se sustenta porque inúmeros membros do grupo Direitos Urbanos solicitaram, por meio de ofícios endereçados tanto para o CDU quanto para à Prefeitura do Recife, a realização das reuniões  no auditório da instituição.
Até um leigo sabe que apenas reuniões que tratam de temas relacionados à própria segurança da população ocorrem de modo sigiloso.

É curiosa a movimentação da gestão municipal, a apenas três dias do final do atual mandato, no sentido de não medir esforços para garantir a aprovação do projeto Consórcio Novo Recife ( Moura Dubeux , Queiroz Galvão, Ara Empreendimentos e GL Empreendimentos) .
Detalhe: a aprovação do projeto Novo Recife ocorre em meio ao descumprimento de uma liminar, assinada pelo juíza de Direito Edina Maria Brandão de Barros Correia, que exigiu a sustação da reunião.
A liminar acatou uma ação popular impretrada por representantes do grupo Direitos Urbanos. A ação evidencia que o CDU-Recife descumpre a Lei Municipal n º 16.704/01, bem como o regimento do conselho que prevê a composição paritária. Atualmente, o CDU  tem vacância e composições irregulares,  a exemplo de membros que azem parte do conselho além dos quatros anos permitidos.

Fabianna Freire Pepeu

 

Anúncios

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: